segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Francisca, sin Make Up.


Aprisiono a parte de minha emoção, meu desejo nessa página virtual.
Nela, falo muito de como sinto  e  espero ouvir  a  calma em tua voz.
Por você perpasso do imaginário  de  Alice  ao  2017 presente e real.
Continentes, eletricidade,  e  quilômetros  num  rastro de luz e gloss.

Teu olhar não tem o contorno de um lápis é marejado por onda;
E fez-me perder entre as veredas estreitas de teu delineador,
Faz-me sonhar embebido em Concha Y Toro,  sem  sombra.
E juro  a  você,  que não escrevo borracho, tampouco sin error.

Se um dia a psicanálise de Freud for mesmo uma cura por amar,
Então chegarei ao paraíso, aquele do qual te falei e escrevi,
Percorrendo a Anhanguera ensaiando essa página que vou te falar.

Quando chegar sem filtro solar, ansioso, feliz e pesado feito um colibri
saberei pelo teu olhar, de vez, que o que somos realmente pode me curar.
Certeza tamanha virá por estar em teu colo, meu divã aberto dentro de ti.


PS (Pê ésses...)
o título também poderia remeter à racionalidade... mas que graça haveria, se você já a teve antes?
poderia remeter a um almoço bucólico mas quantas surpresas podem estar ocultas no bucolismo?

Então que seja leve como um colibri e (des)pretensiosa como uma pluma de pavão.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Pablo de Moraes Manfredini

Ainda te Necessito - Pablo Neruda

Ainda não estou preparado para perder-te
Não estou preparado para que me deixes só.

Ainda não estou preparado pra crescer
e aceitar que é natural,
para reconhecer que tudo
tem um princípio e tem um final.

Ainda não estou preparado para não te ter
e apenas te recordar
Ainda não estou preparado para não poder te olhar
ou não poder te falar.

Não estou preparado para que não me abraces
e para não poder te abraçar.

Ainda te necessito.

E ainda não estou preparado para caminhar
por este mundo perguntando-me: Por quê?

Não estou preparado hoje nem nunca o estarei.

Ainda te Necessito.












Soneto de Separação - Vinícius de Moraes

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.












A Dança - Renato Russo

Não sei o que é direito
Só vejo preconceito
E a sua roupa nova
É só uma roupa nova
Você não tem idéias
Pra acompanhar a moda
Tratando as meninas
Como se fossem lixo
Ou então espécie rara
Só a você pertence
Ou então espécie rara
Que você não respeita
Ou então espécie rara
Que é só um objeto
Pra usar e jogar fora
Depois de ter prazer.
Você é tão moderno
Se acha tão moderno
Mas é igual a seus pais
É só questão de idade
Passando dessa fase
Tanto fez e tanto faz.
Você com as suas drogas
E as suas teorias
E a sua rebeldia
E a sua solidão
Vive com seus excessos
Mas não tem mais dinheiro
Pra comprar outra fuga
Sair de casa então
Então é outra festa
É outra sexta-feira
Que se dane o futuro
Você tem a vida inteira
Você é tão esperto
Você está tão certo
Mas você nunca dançou
Com ódio de verdade.
Você é tão esperto
Você está tão certo
Que você nunca vai errar
Mas a vida deixa marcas
Tenha cuidado
Se um dia você dançar
Nós somos tão modernos
Só não somos sinceros
Nos escondemos mais e mais
É só questão de idade
Passando dessa fase
Tanto fez e tanto faz
Você é tão esperto
Você está tão certo
Que você nunca vai errar
Mas a vida deixa marcas
Tenha cuidado
Se um dia você dançar...











quinta-feira, 28 de maio de 2015

O Pato





Vai Pedro e diz ao mundo que nem todo José é Pedro na vida mas que todo gauche se liberta e opera a sensibilidade de um segundo de literatura no sorriso lindo de uma criança e de seu amigo inseparávael, o João.



Vai Pedro gauche e vive o Drummond, a Cecília, o Guimarães ... Vai ser meu Pedrinho das Caçadas de Hans ou Lobato e um dia, quando vc estiver cansado de suas aventuras, que possa voltar à Pasárgada de nosso mundinho lá em Cel. Macedo ou no seu próprio Sítio do Picapau Amarelo e ser feliz com goiabada de marmelo, batata frita e a certeza que o mundo inteiro provou a biscoito fino que vc fez e faz em nossas vidas, todos os dias.



Te amo filho, te amo !!



quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Preparado, como Bandeira !

Eduquei-me no dia e fui orientado pelo sol do conhecimento ao entardecer.

Vivi a noite, namorei estrelas e, por elas, perdi-me num breu, na escuridão.

Então surge das nuvens a lua; que iluminou meu caminho e me guiou até você.

Teu corpo, celeste e moreno, deixou-me sem forças mais de uma vez, na madrugada.

Em tua luz pude então unir conhecimento e amor, percebi-me mais perto de Deus e da beleza.

Quando o sol nasceu finalmente, ao teu lado, senti-me pleno nas vias do universo do seu amor.

Então morri; preparado para ela, realizado por você e feliz, infinitamente feliz.




10/01/2015

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O Spam Que Quero Ver Espalhado Pelo Mundo: Fé, Milagre e Coração Puro.


Uma garotinha foi para o quarto e pegou um vidro de geléia que estava escondido no armário e derramou todas as moedas no chão. 

Contou uma por uma, com muito cuidado, três vezes. O total precisava estar exatamente correto. Não havia chance para erros.

Colocando as moedas de volta no vidro e tampando-o bem, saiu pela porta dos fundos em direção à farmácia Rexall, cuja placa acima da porta tinha o rosto de um índio.

Esperou com paciência o farmacêutico lhe dirigir a palavra, mas ele estava ocupado demais. A garotinha ficou arrastando os pés para chamar atenção, mas nada. Pigarreou, fazendo o som mais enojante possível, mas não adiantou nada. Por fim tirou uma moeda de 25 centavos do frasco e bateu com ela no vidro do balcão. E funcionou!

- O que você quer? - perguntou o farmacêutico irritado. - Estou conversando com o meu irmão de Chicago que não vejo há anos -, explicou ele sem esperar uma resposta.
- Bem, eu queria falar com o senhor sobre o meu irmão -, respondeu Tess no mesmo tom irritado. - Ele está muito, muito doente mesmo, e eu quero comprar um milagre.
- Desculpe, não entendi. - disse o farmacêutico.
- O nome dele é Andrew. Tem um caroço muito ruim crescendo dentro da cabeça dele e o meu pai diz que ele precisa de um milagre. Então eu queria saber quanto custa um milagre.
- Garotinha, aqui nós não vendemos milagres. Sinto muito, mas não posso ajudá-la. - explicou o farmacêutico num tom mais compreensivo.
- Eu tenho dinheiro. Se não for suficiente vou buscar o resto. O senhor só precisa me dizer quanto custa.
O irmão do farmacêutico, um senhor bem aparentado, abaixou-se um pouco para perguntar à menininha de que tipo de milagre o irmão dela precisava.

- Não sei. Só sei que ele está muito doente e a minha mãe disse que ele precisa de uma operação, mas o meu pai não tem condições de pagar, então eu queria usar o meu dinheiro.
- Quanto você tem? - perguntou o senhor da cidade grande.
- Um dólar e onze cêntimos -, respondeu a garotinha bem baixinho. - E não tenho mais nada. Mas posso arranjar mais se for preciso.
- Mas que coincidência! - disse o homem sorrindo. - Um dólar e onze cêntimos! O preço exato de um milagre para irmãozinhos!
Pegando o dinheiro com uma das mãos e segurando com a outra a mão da menininha, ele disse:
- Mostre-me onde você mora, porque quero ver o seu irmão e conhecer os seus pais. Vamos ver se tenho o tipo de milagre que você precisa..
Aquele senhor elegante era o Dr. Carlton Armstrong, um neurocirurgião. A cirurgia foi feita sem ônus para a família, e depois de pouco tempo Andrew teve alta e voltou para casa.
Os pais estavam conversando alegremente sobre todos os acontecimentos que os levaram àquele ponto, quando a mãe disse em voz baixa:
- Aquela operação foi um milagre. Quanto será que custaria?

A garotinha sorriu, pois sabia exatamente o preço: um dólar e onze cêntimos! - Mais a fé de uma criancinha.

Em nossas vidas, nunca sabemos quantos milagres precisaremos.

Um milagre não é o adiamento de uma lei natural, mas a operação de uma lei superior. 

Sei que você vai passar esta bola pra frente! Lá vai ela. Jogue de volta para alguém que significa algo para você POIS HOJE É O DIA DO MILAGRE DELE!

Se você recebeu este email Deus tem um milagre para você!






Obrigado, sinceramente, Maria Luiza Araújo.


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Meditação de Cura Mundial

No princípio,
No principio DEUS.
No princípio DEUS criou o Céu e a Terra,


E DEUS disse: que Haja Luz, e houve Luz.
Agora é o tempo do novo começo, e EU SOU um co-criador com DEUS de um novo céu que se aproxima, à medida que à nova vontade de DEUS é expressa na Terra através de mim.

É o reino de Luz, de Amor, de Paz e Compreensão.
E eu estou fazendo a minha parte para revelar a sua realidade.
Começo comigo mesmo. Sou uma alma viva e o espírito de DEUS habita em mim sendo eu mesmo.


EU e o PAI somos um e tudo aquilo que pertence ao PAI, pertence a mim.
Em verdade, sou o Cristo de DEUS.
O que é verdadeiro em mim, é verdadeiro em todos, porque DEUS é tudo e tudo é DEUS.

Eu vejo somente o espírito de DEUS em todas as almas.
E para todo homem, mulher e criança na Terra, eu digo:
EU Amo você, pois você sou eu. Você é meu sagrado ser.


Eu agora abro o meu coração, e deixo a pura essência do Amor Incondicional fluir.
Eu a vejo como uma Luz dourada e irradiando do centro do meu ser e sinto a sua Divina vibração dentro e através de mim, acima e abaixo de mim.
EU SOU um com a Luz. A Luz me preenche. A Luz me ilumina. EU SOU a Luz do mundo.


Com o propósito em mente, eu irradio a Luz.
Deixo o resplendor anteceder-me para unir-se à outras Luzes.
Sei que isto está acontecendo em todo o mundo neste momento.

Vejo as Luzes se unindo ... Agora, há somente uma Luz. Nós somos a Luz do Mundo!

A Luz una de Amor, de Paz e Compreensão está se movendo. Ela flui através da face da Terra, tocando e Iluminando cada alma na sombra da ilusão. E onde havia escuridão, existe agora a Luz da Realidade.

E o resplendor cresce, permeando, preenchendo cada forma de vida.
Há somente a vibração de uma vida Perfeita agora.


Todos os reinos da Terra respondem, e o Planeta está vivo com Luz e Amor.
Existe união total. E nesta união pronunciamos a Palavra. Que o sentido de
separatividade seja dissolvido. Que a humanidade retorne à DEUS.


Que a Paz flua em cada mente.

Que o Amor flua em cada coração.
Que o perdão reine em cada alma.
Que a compreensão seja o elo de ligação comum a todos.
E agora da Luz do mundo, a Presença Única e Poder do Universo respondem.


DEUS está curando e harmonizando o Planeta Terra.
A Onipotência se manifesta.
Estou vendo a cura do Planeta diante dos meus próprios olhos, à medida que todas as falsas crenças e padrões errôneos se dissolvem.

O sentindo de separação não mais existe;
a cura ocupou o seu lugar, e a sanidade do mundo foi restaurada.
Este é o começo da Paz na Terra e Boa Vontade para com todos.

À medida que o Amor flui de todos os corações, o Perdão reina em todas as almas e todos os corações e mentes estão unidos em perfeita compreensão.


Assim é, Assim é, Assim é.
Amém, Amém, Amém.
Om, Om, Om.*


*Finalizar emitindo 09 vezes o Mantra  OM.

Vídeo:



Fonte:  Carmem e Pax - www.carmenbalhestero.com.br e www.pax.org.br